sexta-feira, 16 de maio de 2014

Oi, como vai você?



Oi. 
Que simples dizer oi. 
E por que não falamos mais "oi"? 
Sei lá se eu sou muito dada, mas eu falo oi atoa. É serio! Cumprimento quem não conheço, falo no trânsito, sorrio pro pessoal na rua, converso com o carteiro, coletor, a tia que cuida o meu carro na rua da escola, o tio que entrega panfleto no farol. E não para no oi, tem o bom dia, boa tarde, boa noite e o como vai.
 Conto cotidiano na fila do mercado, comento coisa inútil na fila da cantina. E sinceramente? Acho ótimo.
Muita gente acha que isso é bobeira, é exposição. Eu acho que isso é interação, é diversão e conhecimento!
Lógico que não   vou passar meu endereço, telefone e senha do cartão na fila da padaria, mas de vez em quando parar de teclar no whatsapp e  olhar para  as pessoas que moram na sua rua pode ser bem legal. 
Aproveite!